Bolo de banana (sem trigo)

bolo de banana 3


Bolo é sempre bem vindo!!! Seja no café da manhã ou da tarde, num pic nic ou para um lanche fora de hora…  E bolo de banana é aquela simplicidade, aroma e doçura… Um sabor tão conhecido que parece que vem das memórias da infância e traz junto esse afeto da comida feita em casa, porque banana é fruta simples, que farta, que alimenta e nunca se perde, podendo sempre virar doce ou bolo… E nessa receita podemos usar bananas no ponto ou bem maduras, e se forem orgânicas, pode-se usar também as cascas e aproveitar a fruta inteira, com todas as fibras e vitaminas!!!

Esse bolo de banana não leva farinha de trigo, nem leite , nem ovos! É fácil de preparar, é fofinho e muito apetitoso. Ele puro já é bem gostoso, mas dá para criar variações da receita, pode-se acrescentar uvas passas, nozes picadas ou chocolate em pedaços à massa antes de assar que vai dar aquela incrementada, e o “simples” bolo de banana ganha outros ares e sabores!!!

Bolo de Banana (sem trigo)

Ingredientes

1 xic. de açúcar mascavo

6 col. de chá de linhaça moída (e hidratada por 15 minutos em 3/4 xic de água)

1 pitada de sal

4 bananas (3 para a massa do bolo e 1 para decorar; para a massa pode -se usar as bananas com a  casca)

1 col. de chá de canela em pó

1/2 xic. de óleo de girassol

1 xic de farinha de aveia

1 xic. de farinha de arroz

1 col. de chá de bicarbonato de sódio

 

Modo de preparo

Pré aqueça o forno e unte uma forma.

Bata no liquidificador os seis primeiros ingredientes (açúcar mascavo, linhaça já hidratada, sal, bananas, canela, óleo)  até formar um creme liso. Em uma bacia, junte a esse creme os demais ingredientes mexendo para misturar bem. É bom peneirar as farinhas para melhor incorporá-las à mistura.  Se quiser, acrescente uvas passas, ou nozes, ou chocolate em pedaços por último, quando a massa já estiver homogênea. Coloque a massa na forma untada, e delicadamente coloque rodelas finas de banana por cima da massa, polvilhe um pouco de canela e leve ao forno pré-aquecido para assar em forno médio por aproximadamente 30 minutos.

Depois de assado é só esperar esfriar e bom apetite!!! 😉

 

Vida Doce Vida

IMG_4567

IMG_4560
IMG_4559

Vida doce vida!

Trufas vivas crocantes de coco e cacau!!!

Celebrar a vida com alimentos vivos! Docinhos festivos feitos com frutas secas e castanhas germinadas. Sem açúcar, sem lactose, sem colesterol, sem soja e com muito afeto e apreço à vida!!! Doces veganos e crudívoros são uma excelente alternativa aos nada inocentes docinhos tradicionais de festas! Os  nocivos docinhos de festa cheios de açúcar, colesterol, lactose (e crueldade!) fazem mal ao corpo, à saúde de quem os consome,  e também são frutos de um sistema terrível exploração animal. Mas é possível fazer docinhos de diversos sabores com tudo de bom, nutrindo a nossa vida em saúde e alegria e a vida do planeta em um consumo mais ético e consciente!

Esses docinhos eu fiz como uma variação de uma receita básica e versátil de docinhos vivos, feitos de sementes e castanhas germinadas e frutas secas.

São o puro doce da natureza! Só sabor, nutrição, cuidado e amor!!

Para fazer é preciso preparar os ingredientes, hidratando e germinando, isso vai despertar as sementes, eliminar os anti-nutrientes, amaciar as frutas que estiverem demasiadamente secas. Depois é só processar com os outros ingredientes até dar o ponto desejado. Para finalizar, enrolar as bolinhas e passar no coco, ou no cacau. Pronto, uma delícia!!!

aqui vai em detalhes como preparei:

Receita

Trufas vivas crocantes de coco e cacau

Ingredientes:

120g de amêndoas ( colocar para germinar)

120g de ameixa seca ( se estiver muito seca, hidratrar)

120g de tamara seca (se estiver muito seca, hidratrar)

100g de polpa de coco maduro ( seco)

100g de castanha do pará

150g de uva passa

4 col. sopa de cacau em pó

2 col. sopa de oleo extra-virgem de coco

modo de fazer:

Processar tudo no processador de alimentos com a lâmina S. Vá acrescentando os ingredientes aos poucos e ajudando com uma espátula ate chegar a uma consistência firme, cremosa mas ainda com pedacinhos maiores para ficar crocante.  Deixe descansar na geladeira se possível,  e ai é só enrolar e passar no coco ralado ou no cacau em pó.

Bolo de aniversário!

bolo de chocolate e morango

Bolo vegano de chocolate e morangos frescos para celebrar a vida com doçura e respeito! 

Chocolate e morangos fazem uma dupla incrível, sempre apreciada e muito bonita!

Para este bolo usamos ingredientes bem tradicionais,  como farinha de trigo, açúcar mascavo, cacau, água mineral, óleo de girassol, fermento, vinagre de maça, leite condensado de soja, confeitos veganos de chocolate e morangos frescos… Fica bonito, fofo, deliciosamente doce e fresco ao mesmo tempo, sem crueldade e sem exploração animal, o que o torna muito especial! Eu testei algumas receitas para chegar a esta, fiz adaptações,  e, “eureka”! Sim é possível  ter um bolo fofo e gostoso sem usar ovos nem leite de vaca!  Ainda não encontramos opções assim nas docerias convencionais, pelo menos nas cidades menores, por isso vou compartilhar a receita que vem fazendo sucesso por aqui! Confere lá nas RECEITAS! 

 

Biscoito que nutre!

IMG_0291

Comer biscoitos não está exatamente associado à comida saudável, já que em geral essas guloseimas são cheias de açúcar e farinha, o que pode até “matar aquela fominha”,  mas no final acaba mais enchendo a barriga que alimentando, mais enganado e engordando do que nutrindo…

Mas se é pratico ter uns biscoitos à mão, então podemos fazê-los em casa, com os ingredientes que escolhemos! Eu ja fiz muitos biscoitos veganos com farinha e açúcar, colocando frutas, chocolate, e o que mais a imaginação ( e as lombrigas, rsrs) quiserem…mas nos últimos tempos, tenho mudado os ingredientes, buscando cada vez mais fazer biscoitos saudáveis! E são deliciosos! E realmente alimentam! São os biscoitos vivos!!! Eles são feitos com várias sementes germinadas e frutas secas: sementes de linhaça, de gergelim, de abóbora, de girassol, uva-passa, tâmara  e damasco seco.

A cada semana pode-se variar bastante e conferir sabores diferentes: colocar todas as frutas ou só uma, colocar raspas de limão ou laranja, colocar coco fresco ralado, colocar sementes oleaginosas, como amêndoas, castanha do pará ou de caju trituradas… É um espaço para experimentar, criando possibilidades saborosas para que o lanchinho prático que levamos na bolsa seja também nutritivo!

Esses biscoitos  “vivos” são especialmente nutritivos pois as sementes tendo sido previamente hidratadas e germinadas  elevam muito o potencial nutricional dos ingredientes e ainda acrescentam enzimas, que muito contribuem no processo digestivo e na manutenção da nossa energia vital! Para manter a vida desses alimentos mesmo em forma de biscoito, não se deve assar em forno quente, mas desidratar ao sol, ou em um desidratador, ou no forno comum em fogo bem baixo, com a porta semi-aberta, de forma que a temperatura lá dentro seja no máximo 45 graus célsios (um teste simples para saber se a temperatura está boa é por a mão dentro do forno, se estiver quente mas confortável, está bom, se incomodar, estando quente demais para sua sensibilidade, também estará para as sementes!).

A idéia é manter as enzimas vivas para preservar toda a força vital das sementes. A vida nos alimentos germinados é poderosa!

 

bolo de maçã e cupcakes formigueiro

IMG_1430IMG_1501

 

No café da manha,  no chá da tarde, ou vice-versa!!!  Também no lanche, na festa, no dia-a-dia, bolo é sinônimo de alegria!!! E esses são simples e festivos ao mesmo tempo. O de maçã é uma receita antiga, veganizada por mim, deu super certo, fica um bolo macio e firme ao mesmo tempo, muito bom!

Os cupcakes são práticos e bonitinhos em suas porções individualizadas! Esses têm chocolate  amargo granulado misturado à massa pra fazer o efeito “formigueiro”,  bem gostoso e divertido!!!